Google+ Followers

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Até aqui nos ajudou o Senhor!


A vida é um grande caminho que nos leva a muitos lugares.
Trafegar por esse caminho não é tão simples quanto muitos pensam.
Primeiro, há muitos tipos de terreno: alguns são planos e firmes, outros íngremes e pedregosos e há ainda, aqueles que são escorregadios, pantanosos e traiçoeiros.
Depois, encontramos diferentes paisagens que, por momentos, podem ser áridas e desoladas, nos trazendo desânimo, tristeza e desesperança, como nos desertos, enquanto que, outras vezes, são floridas, vívidas e de raro esplendor, como nas campinas onde reina o verde e rios ristalinos saltam de alegria, nos enchendo de fé, de paz e de vontade de prosseguir em frente.
Todavia, seja qual for o tipo de caminho que estajamos trilhando, não podemos esquecer que sem um bom mapa, acabaremos seguindo o rumo errado; sem um bom guia, corremos o risco de enveredar por caminhos que, aos nossos olhos, parecem direitos, mas o seu fim são os caminhos de morte; sem ter quem nos auxilie a levar as cargas, a vencer os obstáculos e a compartilhar as dores e alegrias, não atingiremos nosso objetivo.
Assim, cada peregrino desta via, não pode esquecer que em todas as etapas de seu percurso, não há outro mapa mais certo que a Bíblia Sagrada; não há guia mais amigo e vigilante que o Espírito de Deus e não há companheiro mais forte, amoroso e cheio de cuidados que o Senhor Jesus. Só eles podem nos fazer caminhar seguros, em esperança, descansando à sombra da cruz.
E andar sob à sombra da cruz, é sentir o coração arder como os viajores do caminho de Emaús, é experimentar a plenitude que a ressurreição do Cristo espraiou em poder no Pentecostes, é ter a convicção do amor e perdão de Deus, manifestando graça em nosso viver.
Quem percorre essa estrada de luz, não cansa, nem se fatiga, não se queima nas chamas das lutas, nem se afoga nas tribulações. Caminha sereno em fé, salta de alegria sobre os montes, como a corsa que corre em lugares altos. Sabe que o seu socorro vem do alto, do trono de glória imorredoura d'Aquele que tudo sabe, que tudo pode e que tudo provê.
Quem avança por esta vereda de paz, a cada trecho vencido, sorri agradecido pela grande misericórdia e bondade, dobra os joelhos redido numa oração silente, e cheio de reverência, adora proclamando no coração: Ebenézer, até aqui nos ajudou o Senhor!

Nenhum comentário: